domingo, 18 de fevereiro de 2018

Iogurtes de Baunilha


Faço iogurtes há imenso tempo, houve uma temporada quando me foi diagnosticada intolerância à lactose que os deixei de consumir, comprava ocasionalmente os de soja e de vez em quando gregos.
 Com a entrada no mercado dos leites sem lactose - ou com uma percentagem de lactose muito  reduzida, se verificarem nos ingredientes dos pacotes de leite, têm uma percentagem pequena de lactose, não estando portanto totalmente isentos - é basicamente o que uso para as sobremesas que pedem leite e decidi começar a fazer os iogurtes alterando o habitual Vigor do dia, para o mesmo leite, mas sem lactose.
 Para estes iogurtes usei um grego de baunilha.


Ingredientes:
900 ml de leite do dia
1 iogurte grego de baunilha

Misturar muito bem o leite com o iogurte e colocar nos copos da iogurteira com as tampas fechadas.
Programar para 12 horas (ou consoante o modelo que têm) e no fim do programa colocar os iogurtes no frigorífico.

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Pão tipo alentejano


Um pão acabado de sair do forno para este Domingo cinzento, come-se bastante bem ainda quentinho.
Hoje deu-me a preguiça para sair e ir enfiar-me em supermercados - infelizmente no local onde resido não existe uma padaria, aqui não há esse hábito infelizmente e faz-me tanta falta - já ando numa correria a semana toda que só de pensar em perder o pouco tempo livre que tenho em supermercados, fico sem vontade de ir e, como tal as compras faço-as durante a semana para ter os dias de folga algum tempo de qualidade em família. Detesto ir passear para centros comerciais e supermercados, por norma vou ao que me interessa e despacho-me para sair dali o quanto antes.
Esta receita é bastante simples e rápida, apenas o tempo para levedar - 2 horas - é o que demora mais tempo.

Ingredientes:
500 gr de farinha
200 ml de água
1 cubo de fermento de padeiro
1 colher de chá (mal cheia) de sal

Dissolver o fermento de padeiro nos 200 ml de água.
Num recipiente juntar a farinha com o sal misturado e a água.
Têm 2 opções: Ou levar à MFP para amassar e levedar ou envolver apenas a massa no recipiente, fica mesmo com grumos e ar dentro da massa, é isso que vai tornar o pão estaladiço por fora e fofo por dentro.
Deixar levedar cerca de 2 horas e passado esse tempo, levar ao forno a 180º até cozer e ganhar uma superfície dourada.

Experimentem com farinha de espelta, farinha integral, sementes, fica fantástico!

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Smoothie de Morango e Banana


Este smoothie surgiu da necessidade de aproveitar uns morangos que estavam a ficar muito maduros, não foi adicionado açúcar e foi o pequeno almoço de hoje.



Ingredientes:

200 gr de morangos
1 banana
1 iogurte (usei iogurte de frutos vermelhos de soja)
300 ml de leite (usei de soja)

Lavar os morangos e secá-los em papel absorvente para tirar o excesso de água, cortá-los aos bocadinhos e colocá-los no liquidificador com a banana cortada às rodelas, o iogurte e o leite.
Deixar uns segundos a mexer tudo e servir de seguida ou se preferirem, fresco.


terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Pudim de Ananás



Pudins, pudins e pudins!! Adoro-os! E se forem com gelatina, melhor!
Aproveitei a promoção que o E.Leclerc teve nas gelatinas Condi e abasteci o stock. 
Como a gelatina já é doce, este pudim dispensa a adição de açúcar, mas se forem muito gulosos, podem adicionar 4 colheres de sopa ao preparado.



Ingredientes:

1 lata de ananás
6 claras de ovo
1 pacote de natas (200ml)
2 pacotinhos de gelatina de ananás

Colocar no fundo da forma as rodelas de ananás em metades.
Bater as natas e reservar.
Aquecer a calda do ananás e juntar o pó das gelatinas, mexer muito bem para não ficar com grumos.
Bater as claras em castelo e misturar o preparado da gelatina, envolver as natas e colocar na forma.
Levar ao frigorífico preferencialmente de um dia para o outro.
Para desenformar, passar o fundo da forma por água quente.



sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Tarde de Romã



Adoro aproveitar a fruta da época e fazer estas coisas doces. Esta receita adoptei-a há algum tempo e, podem vê-la na íntegra aqui no site da Telecuninária .
Aproveito as romãs que a minha mãe me trás, é um dos meus frutos favoritos e óptimo para sobremesas.
A receita pede massa quebrada de compra, mas não gosto das de compra, não custa nada fazê-la, segue a receita:

Ingredientes:

1 ovo
200 gr de farinha
100 gr de manteiga
1 colher de café de sal fino
3 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de água

Misturar todos os ingredientes e amassar até ficar lisa.
Enrolar a massa em película aderente e deixar repousar no frigorífico cerca de meia hora sensivelmente, por fim amassá-la mais um pouco e estendê-la com a ajuda de um rolo.



A receita da massa quebrada também a uso para fazer quiches, neste caso não adiciono o açúcar.



Esta comeu-se num ápice. Experimentem é excelente!