sábado, 16 de janeiro de 2010

Doce Cá da Casa

Photobucket

Em qualquer restaurante existe sempre o Doce da Casa que normalmente é feito com leite condensado. Eu queria fazer algo do género, mas sem o leite condensado propriamente dito e utilizei pudins.

Ingredientes:

1 Pudim Boca Doce de Leite Condensado
1 Pudim Boca Doce de Chocolate
Bolachas Maria
Café

Fazer o pudim de leite condensado conforme instruções da embalagem, encher até metade taças e levar ao frigorifico até solidificar.
Tirar ou fazer um café forte e adoçar a gosto, molhar as bolachas Maria e coloca-las por cima do pudim que entretanto já terá solidificado.
Fazer o pudim de Chocolate, mas ter o cuidado de o deixar arrefecer e depois deitar por cima da bolacha Maria.
Decorar a gosto, eu raspei chocolate em barra.




Photobucket

Como não sabia o que lhe havia de chamar, ficou o Doce Cá da Casa!!

Licor de Canela

Photobucket

Já há algum tempo que me queria aventurar a fazer licores! Como não estamos na época dos morangos, decidi fazer com aquilo que tinha por casa e que adoro - CANELA!
Achei que o resultado final ficou demasiado doce, mas é bom!

Ingredientes:

350 ml de Aguardente
2 Pacotes de páus de canela
350 ml de Água
350 gr de Açúcar (que reduzi, pois achei muito, acabei por meter açúcar a olho e ir provando)

Utilizei uma garrafa de vidro comprada na loja do chinês, para fazer os licores.

Juntar os páus de canela à aguardente e deixar estar assim cerca de 2/3 semanas, agitar a garrafa 1 x ao dia.

Após esse tempo, levar ao lume a água e o açúcar até ficar espesso tipo mel, eu não deixei chegar a esse ponto, deixei-o mais liquido.

Juntar a água com o ao preparado da aguardente e deixar assim cerca de 1 mês.


Photobucket

Vou experimentar novos sabores, utilizando sempre a mesma receita.

Iogurtes de Baunilha

Photobucket

Fiz uma experiência com iogurtes. Fiz de baunilha, utilizando pudim.

Fiz Assim:

1 Litro de leite
1 Iogurte Natural
1 Copo de iogurte de leite em pó
3 Pacotes de açúcar baunilhado
3 Colheres de sopa de pudim de baunilha (usei da marca Pingo Doce)

Misturar tudo muito bem e encher os copos da iogurteira e deixa-la em funcionamento 10H.

Ficaram óptimos!

Delicias Alsacianas

Photobucket

já há algum tempo que não utilizava o meu dispara biscoitos e recorri novamente a uma das receitas da Luisa Alexandra.

Ingredientes:

125 gr de Manteiga
125 gr de Açúcar
3 Gemas de ovo
250 gr de Farinha
1 Pacote de açúcar baunilhado

Misturar tudo até a massa ficar maleável. Meter no dispára biscoitos e disparar para um tabuleiro com papel vegetal.
Levar ao forno cerca de 15/20 minutos a 200º


Photobucket

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Iogurtes de Caramelo

Photobucket


Já tinha visto em alguns blogues iogurtes de caramelo e fiquei curiosa para experimentar, fiz exactamente da mesma forma como faço todos os outros, o caramelo foi a olho (+/- 5 colheres de sopa)

Ingredientes:

1 Litro de leite de pasteurizado Meio-Gordo
1 Iogurte natural
1 Medida (copo de iogurte) de leite em pó
1 colher de sopa de açúcar
5 Colheres de sopa de caramelo liquido

Misturam-se todos os ingredientes muito bem, encher os copos da iogurteira e deixa-la em funcionamento cerca de 10H00.


Ficaram muito cremosos

Photobucket

sábado, 2 de janeiro de 2010

Tarte Pastel de Nata

Photobucket

A primeira de 2010 e, penso que a primeira tarte doce deste blog. Raramente faço tartes, mas tinha uma embalagem de massa folhada no frigorifico há quase uma semana e antes que ficasse inutilizada, decidi fazer este pastel de nata em ponto grande.

Ingredientes

1 Embalagem de massa folhada de compra
4 Gemas
6 Colheres de sopa de açúcar
1 Casca de limão e 1 páu de canela
1 Colher e meia de sopa de Maizena
1/2 L de Leite

Forra-se uma tarteira com a massa folhada.
Levar a lume brando o leite, as gemas, o açúcar, a maizena, a casca de limão e o páu de canela, mexe-se muito bem, utilizei a batedeira para ficar homogéneo, e depois até ferver ir mexendo com uma colher até o preparado engrossar.
Retira-se a casca de limão e o páu de canela e deita-se na tarteira e, vai ao forno a 180º até ficar queimadinha ou com aquele aspecto de pastel de nata.


A minha não ficou muito alta, pois a tarteira é muito grande e não ficou cheia, tive inclusivé de cortar massa folhada que ficou a mais.

Photobucket